domingo, agosto 29, 2010

.
a poesia daqui
menos grito que descrença

excede-me quando, preciso
[feito cirurgia]
a olho nu
suturo um a um
os medos que se emprenham de mim

.

2 comentários:

http://ana-maria-costa.blogspot.com disse...

obrgada Douglas D., a tua poesia também é de boa qualidade. talvez, gostasses de fazer parte do grupo amantedasleituras e nele aceitares leituras de outros autores e divulgação de textos que podem ser os teus.

Í.ta** disse...

versos de uma força e tanto.

gostei bastante.

abraço.

e obrigado pela dica no ópio do povo.