sábado, dezembro 18, 2010

dear captain


há um homem de pé sobre as areias do deserto
é alto, tem olhos que me lembram o céu
está sozinho e segura um quadro que ele mesmo pintou
mas para o qual não consegue dar um nome
[por isso a sombra às suas costas busca o horizonte]
logo mais, ele não estará ali
.
captain, dear captain
não soube outro modo de te dizer adeus.
.
captain beefheart,
1941-2010

3 comentários:

Maeles Geisler disse...

amargo e leve sinto seus pés
hão de voar mesmo sem asas.

adoro esse canto
me lembra o céu

beijos
maeles

Tod(as) palavras disse...

os teus textos continuam vivos dentro de mim. sempre. meu abraço carinhoso, Douglas.

Lisa Alves disse...

Parece um personagem tarantinesco. Lindo!