sábado, junho 12, 2010

.
trancava-me na imagem de que um dia eu iria crescer e ficar idêntico aos demais essa gente adulta que não sabe nada do sofrer porque não enxerga o escuro crescendo por dentro das unhas até chegar aos ossos e não escuta o alvoroço larval que se aloja em meu cérebro quando mais um anjo da guarda desiste de mim só porque nas memórias que terei eu sou feito à imagem e semelhança dessa gente adulta repugnante em sua limpeza ah essa limpeza tão precisa e medonha parida do meu noviciado a se alimentar de tudo que é puro porque nós precisamos de qualquer coisa que tenha mácula e morra incessantemente para que enfim eu possa nascer outro e saiba menos deles todos e nada mais de mim, deus.
.
para maura lopes cançado

9 comentários:

dani carrara disse...

vomitando palavras. eu sou apegada aa leitura daqui.
abs

Luciana Marinho disse...

é agonizante só pés e cimento.

(que surpresa encontrar uma referência à maura lopes cançado. no ano passado adquiri pelo sebo "estante virtual" o livro hospício é deus..)

um abraço!

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Putz. Porrada.


Abraço,

CC


P.S: você está sumido.

Marcelo "Russo" Ferreira disse...

Salve Douglas...
Resolvi retribuir a visita e que espaço bacana está o vomitando imagens.
Anjo da guarda! Me lembrei de Subcomandante Marcos e sua peleja com Lúcifer... Estória incrível.
Vida Longa!
Abraços
Há Braços!
Marcelo Russo

tb disse...

de um folgo, o grito!...
meu beijo, amigo

Ana disse...

Nunca irás ficar idêntico aos demais.
É bom voltar aqui.
Beijo.

Rubens da Cunha disse...

bom de dizer isso aos gritos

Katherine. disse...

Eu gosto muito dessa coisa da infância. A nudez mental, mesmo. Ao invés de crescer, gosto de pensar na expansão dos sentimentos, quilômetros deles, e a essência da inocência sempre infiltrada na atmosfera interior e exterior. O puro se conhece na infância, mas creio eu que outra forma de voltar ao puro é através do amor que segura nossa mão dentro da gente.
Belíssimo. Vomitando sentimentos.

É, um novo blog pra vomitar os meus sentimentos e as projeções mágicas da mente.

Katherine.

Cássio Amaral disse...

o UMANO SER merece e nós agradecemos.

Abração.